blog-post-materiais-basicos

Materiais básicos para construção: itens que não podem faltar na sua lista

Areia, cimento e bloco de cerâmica estão entre os materiais básicos para construção. Saiba tudo sobre o uso de cada um deles nas etapas de uma obra!

Montar uma lista de itens necessários para a sua obra pode ser desafiador, principalmente se você nunca fez uma antes. Sem dúvida, cada edificação possui suas particularidades. No entanto, todas elas têm em comum alguns materiais básicos para construção.

Em seguida, você confere os elementos que não podem faltar na hora de construir cada parte de uma casa. Listamos também as funções de cada um, suas particularidades e em quais etapas eles são utilizados. Continue lendo!

Leia também: 5 dicas de planejamento para economizar na construção

Quais são os materiais básicos para construção?

Em resumo, uma obra possui quatro etapas principais. São elas: estrutura, alvenaria, cobertura e acabamento. Cada uma dessas fases exige seus próprios materiais básicos para construção. Saiba mais!

1. Estrutura

Antes de mais nada, é necessário levantar a sustentação da casa. É nesta etapa que será dada a estabilidade de toda a edificação. Aqui, entre os materiais básicos para construção, podemos citar areia, cimento, pedra brita, blocos de cerâmica, vergalhões, pregos, escoras, e fôrmas de madeira.

2. Alvenaria

Em segundo lugar, chega o momento de levantar as paredes e dar forma à sua obra. Assim como na estrutura, os materiais básicos para construção incluem areia, cimento, pedra brita, blocos cerâmicos e vergalhões.

No entanto, há o acréscimo de itens necessários para as instalações elétrica e hidráulica, como canos de PVC, conduítes, fiação, quadro de distribuição e caixas de luz.

Ao mesmo tempo, são necessários elementos de acabamento para finalizar a alvenaria. É o caso da argamassa que vai compor o chapisco, emboço e reboco.

3. Cobertura

Depois que a alvenaria estiver finalizada, é a vez de fazer a cobertura da casa. Isto é, proteger e fechar a edificação com laje e telhamento. Também é neste momento em que o sistema de captação de água é realizado.

Assim sendo, pregos, madeira, cimento, areia, manta térmica, arame, vigas, vergalhões telhas, calhas, rufos, caibros e caixa d’água estão entre os materiais básicos para construção desta terceira etapa.

4. Acabamento

Por fim, o último passo do cronograma de obra é o acabamento. Nesta fase, acontecem todas as tarefas necessárias para que a casa fique mais bonita, como a colocação de revestimentos, a instalação do forro e a pintura das paredes.

Dessa maneira, os materiais básicos para construção são pisos, azulejos, argamassa, rejunte, gesso, interruptores, fechaduras, lâmpadas, portas, janelas, esquadrias, massa corrida, tinta, lixas e pincéis.

Em seguida, veja as funções que os principais elementos exercem na sua obra. Aproveite também e descubra qual é a melhor calculadora de materiais de construção para você.

Areia

Anteriormente, vimos que a areia é parte integrante de praticamente todas as etapas da construção. Trata-se de um ingrediente indispensável tanto do concreto quanto da argamassa. É um material inerte, ou seja, não reage quimicamente com os outros elementos da massa. E, por isso, serve para a reter a umidade e evita o aparecimento de rachaduras e trincas.

Existem três tipos de areia lavada, que é a mais utilizada em obras. E cada uma tem sua função:

  • A areia fina, com grãos de diâmetros entre 0,05 e 0,42mm, compõe argamassas para revestimento interno, como reboco;
  • A areia média, de granulagem que vai de 0,42 a 2mm, serve para fazer concreto e argamassa usados no assentamento de blocos;
  • A areia grossa, que vai de 2 a 4mm, é ingrediente para massa de chapisco.

Cimento

Outro componente que não pode faltar na construção civil é o cimento. Esse pó de pedra calcária e argila tem várias aplicações. Sem dúvida, suas funções mais fundamentais são a de dar forma a elementos estruturais e a de proteger a edificação.

Por causa de sua alta resistência, o material constrói fundações, vigas, pilares, estacas e lajes de excelente duração. Além disso, quando é usado no reboco, serve para preservar as paredes da ação de agentes externos.

Bloco cerâmico

Parte essencial da alvenaria, o bloco de cerâmica permite que a edificação seja sólida, estável e durável. Entre suas vantagens em relação ao bloco de concreto e ao tijolo baiano, por exemplo, podemos listar:

  • Tem grande variedade de formatos, tamanhos e disposição dos furos;
  • É leve, o que facilita seu transporte pelo canteiro de obras;
  • Apresenta boa aderência à argamassa, exigindo menor quantidade do material;
  • Melhora a produtividade, uma vez que absorve menos água;
  • Oferece ótimo conforto termoacústico.

Está começando a sua obra e precisa de materiais básicos para construção com o melhor custo-benefício? Na Cerâmica Ermida, você encontra blocos de alta qualidade para atender a todas as suas necessidades. Fale conosco e solicite hoje mesmo o seu orçamento!