pouring concrete on high ground over blurred background sunset pastel in construction site

Canteiro de obras sustentável: 8 práticas fáceis de implementar

Pequenas ações fazem a diferença na preservação do meio ambiente. Saiba como diminuir desperdício e promover reciclagem com um canteiro de obras sustentável

A construção civil é um dos setores que causa maior impacto ambiental. Isso porque consome entre 50 e 75% dos recursos naturais do mundo. Estima-se também que seja responsável por cerca de 30 a 40% de toda a emissão de gás carbônico na atmosfera.

Assim sendo, é essencial implementar medidas para tornar o canteiro de obras sustentável. Com ações de pequeno porte, já é possível dar alguns passos em direção a um futuro mais consciente. Confira, em seguida, 8 práticas que você pode adotar para fazer a diferença!

1. Aposte na tecnologia

Os avanços tecnológicos são grandes aliados de uma construção mais sustentável. Em vez de imprimir plantas e projetos, por exemplo, que tal exportar os arquivos para PDF direto do software? Logo após, basta compartilhar os documentos por e-mail ou por aplicativos de mensagens, como o WhatsApp.

Como resultado, todas as pessoas envolvidas na obra têm o que precisam na palma da mão. Além disso, há uma economia de papel e de tempo. Afinal, a impressão deixa de ser necessária e não é mais preciso deslocar-se para distribuir os documentos.

2. Evite desperdícios para ter um canteiro de obras sustentável

Sempre calcule a quantidade necessária de cada material antes de fazer a compra. Assim, é possível evitar sobras excessivas. A fim de facilitar essa tarefa, leia as dicas da Cerâmica Ermida e descubra a calculadora de materiais de construção ideal para você.

Logo que os produtos forem entregues, certifique-se de fazer o armazenamento em local protegido contra a ação da chuva, dos ventos e do sol forte. Desse modo, você evita que eles estraguem e precisem ser descartados.

Por fim, invista em mão de obra qualificada, capaz de fazer o uso correto de todos os materiais de construção com o mínimo de perda.

3. Pense na logística

Sempre que possível, procure comprar todos os materiais básicos para construção no mesmo lugar. Dessa maneira, tudo será entregue em uma única viagem, o que diminui a emissão de gás carbônico causada pelo transporte.

Além disso, esta é uma oportunidade de economizar na obra. Afinal, boa parte das lojas oferece descontos para compras em maiores quantidades.

Ainda assim, não deixe de fazer vários orçamentos. Com eles em mãos, você pode negociar com o vendedor e pedir que ele cubra o preço dos concorrentes.

4. Economize água

De acordo com o US Green Building Council, a construção civil utiliza aproximadamente 21% de toda a água tratada no planeta. A fim de diminuir esse consumo, a dica é apostar nas lavadoras de alta pressão. Elas são mais eficientes e utilizam até 80% menos água do que as mangueiras comuns.

Uma alternativa é instalar um sistema de coleta de água da chuva no seu canteiro de obras sustentável. Para algumas atividades, ela pode até ser utilizada sem tratamento. É o caso da lavagem das áreas internas e externas da obra, bem como para a descarga de banheiros.

5. Proteja o solo

Sabe aquelas áreas da obra que vão ficar com a terra exposta? Antes de armazenar qualquer material ali, não deixe de cobrir o chão com uma lona ou algum outro material impermeável.

Dessa maneira, você impede que resíduos de óleo, de tinta, de solvente ou de outra substância nociva se infiltrem e contaminem o solo. Isso previne, ao mesmo tempo, o comprometimento da estrutura da construção e dos lençóis freáticos.

6. Use energia de forma inteligente

A fim de promover um canteiro de obras sustentável, é essencial utilizar equipamentos que gastem menos energia elétrica. Também é importante que a mão de obra seja especialista no uso desses equipamentos, com o propósito de diminuir desperdícios.

Ademais, se o barracão utilizado pelos trabalhadores costuma ficar com a luz acesa durante todo o dia, procure alternativas mais eficientes. É o caso das lâmpadas de LED e dos sensores de presença para iluminação.

7. Descarte o entulho de maneira consciente

É importante que a sua obra esteja de acordo com o Plano de Gerenciamento de Resíduos da Construção Civil (PGRCC) para que reduza seus impactos no meio ambiente. Essa legislação identifica quanto entulho será gerado em um canteiro e estabelece a destinação correta para cada tipo de resíduo.

Os detritos da construção civil são classificados da seguinte maneira:

  • Categoria A, que inclui itens de alvenaria, como argamassa, blocos de cerâmica, cimento, concreto, entre outros;
  • Categoria B, da qual fazem parte os materiais recicláveis, como madeira, papel, plástico e vidro;
  • Categoria C, que conta com gesso e outros materiais semelhantes;
  • Categoria D, com produtos químicos, como tintas, solventes e óleos.

Separar e identificar cada categoria facilita e agiliza os processos de coleta para reciclagem, reutilização e descarte do entulho.

8. Torne seu canteiro de obras sustentável com a Cerâmica Ermida

A escolha dos materiais de construção interfere – e muito! – no impacto ambiental que uma obra tem. Dessa maneira, o bloco de cerâmica é a escolha certa para uma construção sustentável. Isso porque seu uso implica em uma emissão 66% menor de CO₂ na atmosfera do que os blocos de concreto, e 83% menor em relação à parede de concreto.

Quanto ao consumo de água, o material gera economia de 65% quando comparado ao bloco de concreto, e de 84% em referência à parede de concreto.

Por fim, na Cerâmica Ermida, você encontra blocos cerâmicos de alta qualidade e ótimo desempenho. Como resultado, o rendimento aumenta e o desperdício diminui. Fale conosco e solicite agora mesmo seu orçamento!