blog-post-plantas-tipos

Planta de construção: conheça os principais tipos e suas indicações para cada fase da obra

Vai começar a construir ou reformar? Então conheça os principais tipos de plantas e as respectivas indicações para cada fase do seu projeto! A Cerâmica Ermida apresenta detalhes para você garantir um melhor planejamento e materialização do que será construído!

Quando o assunto é reforma ou construção, planejamento é a palavra que guia todo o processo, seja na definição de orçamentos, compra de materiais e até mesmo no controle dos prazos. Essa é uma etapa indispensável em qualquer projeto, para garantir maior eficiência nas entregas, além da adequação às normas existentes.

Nesse processo, um dos primeiros passos para a visualização prévia e materialização do projeto é a confecção de uma planta, desenho responsável por ilustrar como a obra será realizada – comumente elaborado por engenheiros e arquitetos.

Neste artigo da Cerâmica Ermida, você irá conferir detalhes sobre a importância das plantas e os principais tipos utilizados no segmento da construção civil. Além de saber como são cruciais para a finalização de qualquer obra, principalmente para questões legais. Continue lendo!

Mas afinal, o que são plantas de construção?

Na construção civil, plantas (popularmente chamadas de plantas baixas) são desenhos feitos a partir de um “corte na edificação” a ser construída ou reformada. Esse material tem o intuito de transmitir a melhor compreensão da ideia do projeto às pessoas e profissionais envolvidos.

De modo geral, ilustram todos os cômodos e ambientes que farão parte do empreendimento, junto com as respectivas metragens e especificações técnicas necessárias.

Em determinados modelos de plantas também é possível, por exemplo, localizar a distribuição de móveis, passagens e aberturas para portas e janelas, além de outros elementos, como a instalação de pontos elétricos e hidráulicos.

Principais tipos de plantas:

Para facilitar o entendimento e a execução do projeto previsto em planta, são geradas diferentes versões, adaptadas para cada etapa da obra. Basicamente, cada variante trará uma visão específica do projeto para a equipe que irá interpretá-la.

Exemplificando: uma planta demonstrará as cotas e escalas para execução da alvenaria e aplicação dos blocos, enquanto outra cuidará da parte estética do espaço, voltada à arquitetura e design do ambiente.

Abaixo você confere os cinco principais tipos de plantas de construção utilizadas:

ic-plantas-tipos-01
Planta de Estudo
Essa é basicamente a primeira a ser desenvolvida. Normalmente é feita como um esboço, onde serão ilustradas apenas as informações iniciais do projeto, ou seja, a ideia do espaço. Posteriormente, a planta será desenvolvida com maiores detalhes.

ic-plantas-tipos-02
Planta de Apresentação de Anteprojeto
Já nessa versão serão detalhadas algumas singularidades do projeto de maneira mais concreta. Com a ideia aprovada, detalhamentos como o layout e algumas cotas – para um melhor dimensionamento do espaço – serão incluídas.

ic-plantas-tipos-03
Planta Legal
Será a planta com todos os detalhes técnicos a serem aprovados pelos órgãos responsáveis, como a prefeitura da cidade, por exemplo. Através dela, será concedida a autorização para seguir com a construção. Outras informações serão incluídas, como as cotas, recuos, pontos de energia e água, aberturas e até tabelas para instalação de esquadrias.

ic-plantas-tipos-04
Planta Executiva
Esse modelo servirá de instrução para a execução do projeto durante a construção. Com ela, toda a equipe de profissionais poderá seguir as informações descritas, para garantir que a obra seja executada da maneira correta e idêntica ao que foi planejado e aprovado anteriormente.

ic-plantas-tipos-05
Planta Humanizada
Normalmente desenvolvida à parte do projeto, essa planta é utilizada como forma de divulgação de empreendimentos. Costuma ser usada para divulgar imóveis em condomínios, já que traz ilustrações que simulam o uso, com a inclusão de mobiliário, revestimentos e até mesmo paisagismo.
Uma planta de construção humanizada demonstra o que aparenta ser uma casa. Na planta há a representação com três carros, piscina, jardim e outros cômodos da residência, junto aos móveis
Plantas humanizadas são geralmente usadas para ilustrar as características do projeto ao público final. (Foto: Reprodução/Istock)

Softwares digitais para elaboração de plantas

Geralmente, vemos o desenvolvimento dessas plantas sendo representado em grandes folhas de papel feitas à mão. Porém, com a evolução do segmento, e a aplicação do conceito de Construção 4.0 cada vez mais presente, inúmeras ferramentas digitais tornaram esse processo mais rápido, assertivo e rico em detalhes.

Cada plataforma disponível no mercado contará com suas vantagens e funcionalidades específicas, trazendo a possibilidade de criar plantas em 2D ou 3D.

Como exemplo, trazemos três ferramentas populares que vêm conquistando os profissionais na elaboração de projetos e plantas de construção:

logo-plantas-tipos-01 logo-plantas-tipos-01 logo-plantas-tipos-01

Avalie as suas necessidades e as diferentes funções disponíveis em cada ferramenta, e potencialize a elaboração de suas plantas!

Alto desempenho é com a Cerâmica Ermida!

Quando falamos em planejamento, a escolha de materiais de qualidade também é imprescindível. Optar por empresas de confiança torna todo o processo construtivo mais seguro, sem dor de cabeça ou imprevistos!

Se estiver realizando orçamentos para seu próximo projeto, conte com a Cerâmica Ermida! Empresa com mais de 50 anos de tradição e tecnologia avançada, referência no mercado de materiais de construção.

Possui uma linha completa de blocos estruturais, blocos de vedação e canaletas cerâmicas para sua obra, todos seguindo as Normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).

  • Clique aqui e confira mais detalhes sobre a certificação dos blocos da Cerâmica Ermida.

Gostou do conteúdo e quer aproveitar para fazer um orçamento?
Entre em contato com o time de especialistas da Cerâmica Ermida. Tudo sem compromisso!