blog-post-nivelamento

Nivelamento de paredes: tire suas dúvidas e faça sem erro!

Um nivelamento correto é o primeiro passo para ter sucesso no levantamento da alvenaria. Confira as dicas da engenheira civil Marcia Melo e evite problemas!

Para levantar a alvenaria, é necessário levar em conta duas coordenadas. A primeira é o prumo, uma linha vertical que define a inclinação. A segunda, por outro lado, é o nivelamento, uma medida que garante o alinhamento horizontal da parede. Tomar cuidado com ambas é a melhor forma de evitar retrabalho.

Em seguida, você confere o sétimo vídeo da série “Erros que você não pode cometer na sua obra”. Nele, a engenheira civil Marcia Melo explica mais sobre um problema que, infelizmente, ainda é muito comum. Logo após, confira as dicas que a Cerâmica Ermida preparou para que você não tenha contratempos com os níveis da alvenaria.

O que é alvenaria de nivelamento?

Também chamada de alvenaria de embasamento, consiste nas primeiras fiadas de blocos de uma parede. Elas são construídas logo acima do alicerce, da viga baldrame ou da laje. Em resumo, o principal objetivo do nivelamento é regularizar a base para a construção das paredes.

Erros de cálculo ou de execução nessa etapa são extremamente graves, pois colocam em risco a resistência da edificação. No futuro, podem ocorrer problemas como fissuras e trincas, por exemplo. Então, ao notar desníveis graves, pode ser necessário derrubar a parede e começar a construi-la do zero.

Como nivelar uma alvenaria?

Quer evitar retrabalho? Então, o jeito é tomar cuidado na hora de construir. Antes de mais nada, é necessário garantir que a base está regularizada. “Quando temos um pavimento, o radier, a viga baldrame recém-concretada ou a própria laje acima do pilotis vai começar a receber a alvenaria. Então, vamos lá e tiramos os níveis. Pegamos o ponto maior para colocar o primeiro bloco”, explica Marcia Melo.

Depois que determinar a referência de nível, é necessário aplanar a superfície usando um concreto resistente. De preferência, o mesmo que foi utilizado para fazer a laje em si. Só então, a primeira fiada pode ser assentada, de forma diferente das demais. Confira o passo a passo:

  1. Molhe o pavimento usando uma trincha;
  2. Aplique a argamassa de assentamento na largura aproximada do bloco. Use a colher de pedreiro para garantir que a primeira junta de argamassa tenha entre cinco e vinte milímetros;
  3. Coloque os blocos, atentando-se para detalhes no projeto como a dimensão dos cômodos, vãos para portas, instalações elétricas e hidro-sanitárias.

De acordo com Marcia, é essencial seguir as normas à risca. “Há quem coloque a argamassa de 5 centímetros na primeira fiada. Ou ainda quem encha o nível do pavimento do seu bloco de alta resistência com um tijolinho maciço ou uma tampa de canaleta. Você está nivelando a sua laje, mas olha com o que você está fazendo o seu nivelamento”, alerta.